morro do Macaco

quinta-feira, janeiro 18, 2007

macacas me mordam, Uma Maria! (1)

Cada sonho mano véi! Acho que teus sonhos têm muito do seu Id! Sonhei contigo esta noite, influenciada por tuas imagens. Eu te olhava, como o rinoceronte. E tu me olhavas como a preguiça! KKK! Não gostei! Preferiria estar dançando com o hipopótamo. Ou muito mais ainda, estar naquele quintal à sombra de uma mangueira. Ou até, ver as pernocas atrás da pelota! Mas ser teu carrapicho seria uma ofensa... Meu Id tá sem graça! Mas passa! Kissis nos monkeys!



P.S.: Quase me esqueci. Dag colou na porta do barraco e mandou avisar: “Jorge tu não pode cuidar das crianças. Elas tão com pereba, piolho e cárie. Tu é mesmo muito encardido! Será que não vou ter férias?”

2 Comments:

At 12:23 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Djalmão meu bem, mamãe já cantava em outros carnavais: “Menina vai, com jeito vai, senão um dia, a casa cai”. Mas sempre fui boa de folia e nem ligava pra o que mamãe dizia. Eu hei de agüentar. Irei aportar no Morro as 4 noites e os 4 dias. Ou não me chamo Uma Maria. Isto é que é surpresa. Sinto-me honrada. Thanks and kissis.

 
At 11:16 da tarde, Anonymous célia musilli said...

hehe...este blog é um delícia... um beijo seu Djalma e um carnaval inesquecível.

 

Enviar um comentário

<< Home